sexta-feira, 30 de junho de 2017

colete virado bolero



Sobrou fio de um projecto anterior e eu sugeri à dona do fio gastá-lo numa peça distinta. Propus um colete da Let's Knit Series vol.17 (NV80446).

Sendo o fio diferente do indicado e pouca quantidade, o resultado ficou bem mais pequeno que o original, mais bolero que colete. Ela não morreu de amores e disse-me para eu fazer o que fizesse com ele.

Lembrei-me de oferecer à minha mestra. Passado quase um ano, decorreu a sessão fotográfica. 😎 Ó pra ela fresca e fofa!



para mais tarde recordar...



material

agulha crochet alumínio 3 mm
2 novelos (100 gr.) fio San Remo Sock Yarn *

receita

Reduzi em 2 repetições na montagem do ponto A, fio mais grosso que o original e com as limitações de quantidade de fio que tinha.

Podem encontrar as explicações originais aqui: pág.1, pág.2, pág.3

Vestido meio-meio - ed. Continuous Crochet

Mais um vestido meio-meio, desta vez a pedido da minha mãe. Ela tratou da costura e eu do crochet.
A inspiração foi o granny square fabric dress de Mon Petit Violon, do qual podem encontrar as explicações gratuitas no Ravelry (link aqui).
Modificações:
  1. squares usados escolhidos dos Continuous Crochet Motifs 
  2. cava arredondada em vez de corte a direito
  3. com decote redondo em vez de barco
  4. aberto nas costas e com leques, a lembrar o padrão dos squares, para fazer as casas em vez de abotoar nos ombros
para mais tarde recordar...

material
agulhas crochet 2.5 mm + 2 mm pt caranguejo
55 gr. meadas mercado (×1)
retalho de pano
5 botões

receita
 Tamanho: 6 anos

Seguir a  o esquema para fazer uma tira de 11 squares em largura / por 2 em altura. Nota: o ponto alto é o tirado por 2 vezes, ou seja, o que eu chamo de meio ponto alto.

Fazer uma carreira de arcos à volta dos squares, com *1 pt baixo no canto do square, 7 pts cadeia, 1 pt baixo a meio do square, 7 pts cadeia, repete desde *, com 3 pts baixos nos cantos da tira. Fazer uma carreira de meios pontos altos à volta da tiracom 7 pts em cada arco e com 5 pontos nos cantos da tira.

Colocar marcador a definir a divisão entre frentes e as 2 metades das costas, deixando um espaço correspondente ao cruzamento nas costas para as casas e botões que se acrescentará depois.
Seguir com meios pontos altos cada uma das partes fazendo 4 escalas de diminuições de 3 pontos juntos para as cavas


 Para as metades das costas, seguir a direito com 27 pts + 3 cadeia, mais 15 carreiras até completar 19 desde inicio da cava.

Para a frente, seguir a direito, com 63 pts + 3 cadeia mais 6 carreiras e depois fazer o decote deixando os 15 pontos centrais fazer 3 escalas de diminuições de 3 pontos juntos. Depois seguir a direito com 19 de cada lado, correspondentes ao ombro, mais 5 carreiras até completar 19 desde o início da cava.

Para os ombros fazer uma carreira dupla, ou seja, a fazer os pontos de um lado e do outro, nas costas e nas frente, como se fosse uma diminuição: 5 meios pontos, 4 pts baixos, 4 meios pts altos, 5 pts altos.

Rematar fazendo uma carreira de ponto baixo a toda a volta do trabalho (decote, meio das costas e base).
No intervalo das costas, nas 2 metades, fazer uma carreira de leques, pt baixo, *salta 3, no quarto 4 meios pontos altos, 3 cadeia, meio ponto do 1º pt cadeia, 4 meios pontos altos no mesmo ponto, salta 3, no quarto pt baixo, repetir desde *. No decote fazer pt caranguejo (com agulhas 2 mm).
Com agulhas 2 mm, fazer uma carreira de ponto baixo e outra de caranguejo à volta das cavas.

Aplicar a saia:
Fazer uma costura nas costas, deixando 3 a 4 cm no topo sem coser. Franzir ajustando à dimensão da base do crochet e aplicar.
Fazer a bainha à altura pretendida.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Raio de Sol

Com todos os contras que têm as redes sociais, também têm coisas muito boas. Uma delas é conseguirmos reatar contacto com pessoas com que nos cruzámos em dada altura da nossa vida, mas que o dia-a-dia criou uma distância.
Uma dessas pessoas foi mãe de uma menina no ano passado e quis fazer um mimo.
Escolhi um modelo da Phildar, o Robe Top Down do catálogo N°108 e um fio amarelo,  porque o conjunto me lembra o desenho de um sol e esta minha colega é uma pessoa cheia de boas energias que me lembra sol e mar.

O trabalho em si podia ter corrido melhor, ao ponto de ter estado parado um mês à espera de vontade.
Fui obrigada a alterar o modelo original, mas antes de chegar às alterações feitas em relação às indicações, foi preciso fazer o teste e ver que não estava uma peça equilibrada... demasiada roda no encaixe e mangas muito largas em comparação com a roda do corpo.
E com "fazer o teste" quero dizer que fiz e desmanchei quando comecei a olhar de lado para o trabalho. 😵 Decidi aproveitar o trabalho até às cavas e fazer o upgrade para o tamanho 2 anos.

para mais tarde recordar...

material
agulhas circulares 2.75 e 3.25 mm
agulha crochet 2.5 mm
140 gr. fio meadas mercado (×2)
3 botões

receita
Segui indicações para tamanho 1 ano no início, que resultaram em dimensões 2 anos:
Com agulhas 2.75 mm, montar 113 malhas. Seguir 3 nós em mousse (1 cm).
Trocar para agulhas 3.25 mm e seguir o gráfico ao longo de 51 carreiras = 223 malhas.

Seguir com o gráfico tendo em conta as seguintes alterações às explicações originais:
Separar as malhas: 1 orla + 31 (1/2 costas), 49 malhas num fio auxiliar (1ª manga), montar 6 malhas, 61 malhas (frente), 49 malhas num fio auxiliar (2ª manga), montar 6 malhas, 31 + 1 orla (1/2 costas).
Unir e seguir em circular (eliminar 3 malhas: 1+1 de orla + 1, de modo a ficar só 1 malha central do padrão) = 134 malhas.

Na carreira seguinte aumentar 2 malhas de baixo de cada cava = 138 malhas/ 14 rep do padrão (com as 2 debaixo das cavas com menos 1 malha)
No nó seguinte aumentar 1 malha × 14 repetições = 152 malhas.
Repetir estes aumentos mais 2 vezes deixando 10 nós de intervalo = 180 malhas. Seguir em meia a direito até completar 35 nós após o fim do gráfico.

Seguir com o gráfico 2 uma vez em altura (mais 4 nós) e concluir com 3 nós em mousse. Rematar em meia no loop de trás.

Pegar novamente nas 49 malhas que ficaram de lado para as mangas e fazer 3 nós em mousse. Rematar como se apresentam.

Com a agulha de crochet 2.5 mm, fazer uma carreira de ponto baixo na abertura das costas (1 pt por nó) e no decote (fazer um pt baixo a apanhar cada 2 malhas). Na abertura fazer os leques: pt baixo, *3 pts cadeia, 2 pts altos no mesmo ponto, pt baixo deixando 2 pts de intervalo, repete desde *. No decote terminar com uma carreira de pt caranguejo.

Coser as cavas e aplicar os botões.

Podem encontrar a receita original aqui: pág.1, pág.2, pág.3.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Encanastrado



Para determinar o modelito 2017, comecei por escolher um fio mesclado.
Esta escolha limita o tipo de trabalhado que fica bem e visível, ao ponto de justificar o trabalho.
Optei por usar um ponto que dá uma textura em toda a peça.
Sem mais fanfarras, que o rapaz não costuma gostar de muitas folestrias na maneira de vestir, temos o mimo concluído!
Notem-se os emplastros que insistiram em aparecer na sessão fotográfica... e não é que a melhor foto, foi a que eles apareceram?!

para mais tarde recordar...

material
agulhas 3.5 e 4.5 mm
440 gr. fio meadas mercado mesclado vermelho e cinza (×1)

receita
Tamanho: M/L

Ponto fantasia Basket Weave
mangas
Com agulhas 3.5 mm, montar 58 malhas. Seguir 10 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm e seguir com o pt
fantasia com aumentos com 3 nós de intervalo até 88 malhas. Seguir a direito mais 16 nós até cava =73 nós.
Fazer a cava com 5 mates marcados 2, de fora para dentro, com 1 malha de orla = 64 malhas / 11 nós. Rematar.

costas
Com agulhas 3.5 mm, montar 122 malhas. Seguir 10 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm e seguir com o pt fantasia 73 nós até cava.
Fazer a cava com 5 mates marcados 2, de fora para dentro, com 1 malha de orla = 98 malhas e depois segue mais 21 nós a direito até ombro = 32 nós cava.
escala mates ombro: (6)×5 - rematar soltinho
escala mates decote: 13, 3, 2, 1

frente
Com agulhas 3.5 mm, montar 122 malhas. Seguir 10 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm e seguir com o pt fantasia 73 nós até cava.
Fazer a cava com 5 mates de marcados 2, de fora para dentro, com 1 malha de orla = 98 malhas e depois segue mais 12 nós a direito até decote.
escala mates decote (a 9 nós do ombro): 5, 4, 3, 2, (1)×5
escala mates ombro: (6)×5 - rematar soltinho

colarinho
Com agulhas 3.5 mm, montar 104 malhas. Seguir mais 5 nós em canelado 2/2. Rematar.~




domingo, 11 de junho de 2017

Anas Dancing in the rain

Mais um trabalho feito a pedido para as manas Anas 😉

Sugeri este modelo porque achei piada aos guarda-chuvas.

A principal alteração que fiz ao modelo original foi no capucho que segui directo do corpo para cima e terminei em bico para variar.

para mais tarde recordar...

material
320 [370] gr. / 6.4 [7.4] novelos DMC Creative World Mixto #082
agulhas 4 e 5 mm
6[6]  botões ∅ 2 cm

receita
tamanhos: 4 [7] anos

mangas
Com agulhas 4 mm, montar 40 [46] malhas e seguir 6 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 5 mm, seguir em meia com aumentos com 3 nós de intervalo até 56 [60] malhas e depois seguir mais 4 [10] nós a direito até cava = 33 [45] nós.
escala de mates cava: 3, (2, 1, 0)×3, 2, 1, 2, 3, 16 finais = 14 nós
[3, (2, 1, 0)×4, 2, 1, 2, 3, 14 finais = 17 nós]

costas
Com agulhas 4 mm, montar 76 [86] malhas e seguir 5 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 5 mm e seguir em meia com a seguinte escala de aumentos/diminuições até à cava:
escala de aumentos: (1,0,0)×2, 2 = 84 malhas / 7 nós
[(1,0,0)×2, 2 = 94 malhas / 7 nós]
escala de mates corpo: {(0)×5, 1}×5, (0)×3= 74 malhas / 33 nós
[{(0)×5, 1}×5, (0)×5= 84 malhas / 35 nós]
escala de mates cava: 4, 3, 2, 1, (0)×16 = 54 malhas / 20 nós [5, 3, 2, (1)×2, (0)×17 = 60 malhas / 22 nós]
escala de mates ombro: (4)×4 [(4)×3, 5]
escala de mates decote: 8, 2, 1 [10, 2, 1]

frentes
Com agulhas 4 mm, montar 38 [43] malhas e seguir 5 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 5 mm. Com a escala de aumentos/diminuições até à cava = às costas, seguir em meia 7+14 [7+16] nós de meia . Iniciar o motivo "guarda - chuva" com 5 [7] malhas para a orla central (mais ou menos centrado nas 27 [30] malhas que ficam após mates das cavas e acabar a 5 nós do início da cava). Imediatamente no nó seguinte, iniciar a "chuva" colocando a ponta do "guarda - chuva" alinhado com um espaço entre "gotas". Segue com a "chuva" até ao fim.
escala de mates cava: 4, 3, 2, 1, (0)×16 = 27 malhas / 20 nós  [5, 3, 2, (1)×2, (0)×17 = 30 malhas / 22 nós]
escala de mates ombro: (4)×4 [(4)×3, 5]
Ficam 11 [13] malhas.

capucho
Com agulhas 5 mm, seguir com as 11 [13] (×2 frentes) e montar 30 [32] malhas no decote das costas = 11+30+11= 52 [13+32+13= 58] malhas. Na carreira seguinte, aumentar 5 [0] malhas = 57 [58] malhas. Seguir com (1+1)×10 aumentos, a cada nó alternado, de cada lado das 1 [2] malhas centrais = 77 [78] malhas. Segue 16 [16] nós a direito. Unir meio-meio, cerzindo.

tiras centrais
Com agulhas 4 mm, montar 316 [328] malhas e seguir 3 carreiras em canelado 2/2. Fazer as casas na 4ª carreira do lado direito: 3 malhas, {mate, laçada, 15[16] malhas}× 5[5], mate, laçada, restantes malhas. Completar 4 nós. Rematar.

tiras laterais
Com agulhas 4 mm, montar 20 malhas e seguir 3 nós em canelado 2/2. Rematar

Podem encontrar as explicações originais aqui.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...