segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Casacos das Anas


Esta foi uma encomenda para 2 manas para as quais já fiz umas camisolas no ano passado. A mãe das meninas comprou o fio e quanto ao feitio, disse que era ao meu gosto, sem capucho, sem bolsos.
Vi este casaco da Phildar, achei-lhe graça aos pormenores, mas decidi trocar o ponto arroz pelo ponto de favos, porque as camisolas do ano passado, tinham uma grande componente de ponto arroz.
Não conseguir fotos que ilustrassem bem o trabalho, mas imagino que as meninas com os casacos fiquem umas verdadeiras princesas com mangas tufadas! :D

para mais tarde recordar...

material
agulhas 3.5, 4 e 4.5 mm
4.6 [5.4] novelos Miltons/Baby Print cor#28, 230 [270]gr
6 [6] botões

receita
tamanhos: 3 [6] anos

mangas
Com agulhas 3.5 mm, montar 42 [50] malhas, 4 carreiras liga, 4 carreiras meia, 4 carreiras liga, 1 carreira meia.
Trocar para agulhas 4.5 mm, seguir em meia, com aumentos com 3 nós de intervalo até 56 [62] malhas. Seguir a direito mais 3 [12] nós = 28 [33] nós em meia.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir 7 [8] nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm eliminando 1 malha na orla (de modo a ficar nº ímpar)= 55 [61] malhas e seguir em ponto favos 8[8] nós a direito até cava. Total 43 [49] nós até cava acima dos rolinhos. Cava raglã, com 1 malha de orla em mousse e salta o mate a cada 3º nó, ou seja:
escala de mates da cava: 2, 0, 1, (0, 1, 1)×9, 0, 1, 11 malhas finais 32 nós de cava
[2, 0, 1, (0, 1, 1)×11, 11 malhas finais = 36 nós de cava]

costas
Com agulhas 4.5 mm, montar 90 [100] malhas, 4 carreiras liga, 4 carreiras meia, 4 carreiras liga, 1 carreira meia.
Seguir em meia, com diminuições a cada 6º [7º] nó × 5 [5] = 80 [90] malhas, mais 3 [3] nós a direito até canelado = 33 [38] nós.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir 7 [8] nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm eliminando 1 malha na orla (de modo a ficar nº ímpar)= 79 [89] malhas e seguir em ponto favos 8[8] nós a direito até cava. Total 48 [54] nós até cava acima dos rolinhos. Cava raglã, com 1 malha de orla em mousse e salta o mate a cada 5º nó, ou seja:
escala de mates da cava: 2, 0, 1, 1,(0, 1, 1, 1, 1)×5, 1, 1, 27 malhas finais = 32 nós de cava
[2, 0, 1, 1,(0, 1, 1, 1, 1)×6, 1, 31 malhas finais = 36 nós de cava]


frentes
Com agulhas 4.5 mm, montar 45 [51] malhas, 4 carreiras liga, 4 carreiras meia, 4 carreiras liga, 1 carreira meia.
Seguir em meia, com diminuições a cada 6 [7º] nó × 5 [5] = 40 [46] malhas, mais 3 [3] nós a direito até canelado = 33 [38] nós.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir 7 [8] nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm eliminando 1 malha na orla (de modo a ficar nº ímpar)= 39 [45] malhas e seguir em ponto favos 8 [8] nós a direito até cava. Total 48 [54] nós até cava acima dos rolinhos. Cava raglã, com 1 malha de orla em mousse e salta o mate a cada 5º nó, ou seja:
escala de mates da cava: 2, 0, 1, 1,(0, 1, 1, 1, 1)×5, 1, 1, 27 malhas finais = 32 nós de cava
[2, 0, 1, 1,(0, 1, 1, 1, 1)×6, 1, 31 malhas finais = 36 nós de cava]
escala de mates do decote a 7 [8] nós do fim: 4, 3, 2, (1)×3, 0 [4, 3, 2, (1)×5]

colarinho 
Com agulhas 3.5 mm, montar 76 [80] malhas, seguir em canelado 2/2 (com 3 malhas meia em cada extremo) ao longo de 7 carreiras. Rematar as malhas como se apresentam.

tiras
Seguir do colarinho para as tiras, com agulhas 3.5 mm, montar 114 [130] malhas, seguir em canelado 2/2 ao longo de 7 carreiras. Rematar as malhas como se apresentam. Na tira do lado direito fazer as casas na 4ª carreira (pelo direito) do canelado do seguinte modo: 4 malhas, (mate, laçada, 19 malhas)×5, mate, laçada, 3 malhas [5 malhas, (mate, laçada, 22 malhas)×5, mate, laçada, 3 malhas].


Podem encontrar as explicações originais aqui: pág.1, pág.2, pág.3.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...